Ah, o amor...
Home Message Archive Random me encontrefaqmeus escritosescritos alheios submit Theme
»
❝ E reza, reza muito pra não aparecer ninguém que mexa comigo enquanto você fica brincando de não saber o que quer. Porque eu sou amor, e ainda que não seja o seu, essa é a minha essência! E você não deve acreditar muito nessa ideia, pelas tantas vezes que eu quase fui, mas um dia eu vou… sempre foi assim! Mas deixa eu te contar um segredo: se eu for, eu não volto.

— Tati Bernardi.  (via poetadoalem)

(Source: whylers)

❝ E agora, José? Sua doce palavra, seu instante de febre, sua gula e jejum, sua biblioteca, sua lavra de ouro, seu terno de vidro, sua incoerência, seu ódio, - e agora? Com a chave na mão quer abrir a porta, não existe porta; quer morrer no mar, mas o mar secou; quer ir para Minas, Minas não há mais. José, e agora? Se você gritasse, se você gemesse, se você tocasse, a valsa vienense, se você dormisse, se você cansasse, se você morresse… Mas você não morre, você é duro, José!

— Carlos Drummond de Andrade  (via quoteiros)

❝ Seu rosto parecia estar marcado por mil ressacas e mil tragédias.

— Charles Bukowski - Ao Sul de Lugar Nenhum. (via quoteiros)

(Source: segredou)

❝ Uma menina me ensinou, quase tudo que eu sei. Era quase escravidão, mas ela me tratava como um rei. Ela fazia muitos planos, eu só queria estar ali sempre ao lado dela… Eu não tinha aonde ir. Mas egoísta que eu sou, me esqueci de ajudar a ela como ela me ajudou, e não quis me separar. Ela também estava perdida, e por isso se agarrava a mim também. E eu me agarrava a ela porque eu não tinha mais ninguém. E eu dizia: “Ainda é cedo.” Sei que ela terminou o que eu não comecei. E o que ela descobriu, eu aprendi também, eu sei. Ela falou: “Você tem medo.” Aí eu disse: “Quem tem medo é você.” Falamos o que não devia nunca ser dito por ninguém. Ela me disse: “Eu não sei mais o que eu sinto por você. Vamos dar um tempo, um dia a gente se vê.” E eu dizia: “Ainda é cedo.

— Legião Urbana  (via quoteiros)

(Source: desafagos)

http://marasmos.tumblr.com/post/79546848301/boa-noite-meu-amor-te-escrevo-pra-te-lembrar

marasmos:

boa noite, meu amor.

te escrevo pra te lembrar que existe e que te amo. conto pausadamente o que me aconteceu nesses anos.

eu descobri a cama e a imensidão de ser tesão quando se ama. descobri selvagerias pra noite toda e café para as manhãs chuvosas. me descobriram entre um apelo de outro. eu…

(Source: nafaca)